quinta-feira, 27 de dezembro de 2007

...

Depois de revirar a minha gaveta de idéias e mensagens recebidas pelo clima frio com um certo Q de hostilidade...enxerguei aquele velho ditado.
Vi ali...esfregado em minha cara...de saldo ficam as lembranças boas...de dívida restam as lamentações e perda de tempo com o que nem deveria ter permitido que ocupasse meus momentos.
Não tem tristeza nem raiva.
Não tem alegria nem choro.
Não tem nada ...
E a lista de amigos vai operando cada vez mais em baixa...

sexta-feira, 21 de dezembro de 2007

Traição...
























O que seria uma traição?
Complicado pensar e falar disso...
Tem a traição de amigo (pelo menos, aqueles que vc achava que eram seus amigos)...que dói na alma, como se tivessem tirado seu tapete, colocado um parafuso no meio de caminho, é uma coisa que soa até meio proposital...a gente percebe isso com uma sensibilidade refinada, sentimos o cheiro de longe, ficamos desconfiados de nós mesmos, achamos que estamos com mania de perseguição, mas, na maioria das vezes, estávamos certos, desde o começo...
Essa traição pode ter mil motivos....mas a dor, toma uma forma, uma força, que sequer imaginamos...o pior é quando tudo assume um certo ar de provocação...(preciso começar a aprender a não ligar para essas coisas pequenas e terrenas....)...
Tem a traição do companheiro, que trata da traição carnal, aquela que mesmo a pessoa sabendo que te ama, se sente carente, se sente atraída e pronto...lá se vai toda a fidelidade e exclusividade.
Este tipo de traição machuca, magoa, causa danos que, dependendo do grau do relacionamento, até podem ser reparáveis....
Agora, o segundo tipo, aquela que envolve a traição sentimental, esta é devastadora....pode vir do companheiro, dos pais, do melhor amigo....esta traição é irreparável e eterna...
Causa uma sensação que abala todas as estruturas, tritura a auto-estima, inutiliza a confiança, remove qualquer sentimentalismo...( e não falo apenas daquela que envolve sexo).
Ando por ai como uma telespectadora, aguardando as próximas cenas e rezando para que minhas sinopses estejam totalmente erradas...

quarta-feira, 19 de dezembro de 2007

Tá chegando a hora...


Tá quase lá..............
Um brinde a nós......
Um brinde a este reencontro.......
A este momento...
Saúde.......
E que venha muito mais......
Salve Salve.........

Viagem...


Estou preparando terreno!
Comprei os presentes, mandei as felicitações, cuidei do cabelo, amanhã faço as patinhas...
A chuva lá fora me faz pensar e me envolve...agora é o momento do recolhimento, do cuidado comigo mesma...
Sigo molhada, protegida apenas por um guarda-chuva e, em minhas mãos, carrego uma planilha com planos, muitos planos
Com aspirações, fé e muita, muita vontade...falta só minha lingerie amarela e meus acessórios dourados para a energia ficar completa...

É ASSIM QUE QUERO VER 2008 CHEGAR......2008 IR;

2009 CHEGAR.......2009 IR; 2010 CHEGAR......

TIMÃO

SÓ UM RECADO AOS MEUS QUERIDOS COLEGAS, QUE, INFELIZMENTE, POR FORÇA MAIOR, NÃO TIVERAM A GRAÇA DE SER CORINTIANOS!
Srs,
meus amigos palmeirenses , são paulinos, santistas, flamenguistas , vascainos e etc, infelizmente estamos aguentando as gozações, fazem parte, espero que se acontecer com vocês, aguentem também, mas como se trata de CORINTHIANS, sempre acontece alguma coisa e desta vez não foi diferente, a Fifa no dia 15/12/2007, homologou e confirmou o TÍTULO DE CAMPEÃO MUNDIAL, para o mais lindo, o maior o mais querido e de maior torcida ou seja sempre S. C. CORINTHIANS PAULISTA, para os íntimos TIMÃO.
Então peço aos srs que são inteligente que não discutamos mais sobre campeão mundial, e aproveitando para somente informar o título do palmeiras lá do tempo das carochinhas não foi reconhecido.
Reclamações www.fifa.world.com,
Então:

CORINTHIANS CAMPEÃO MUNDIAL DE 2000.

Vão ter que dormir com essa, ehehehe.....


Saudações Corinthianas.

Viagem no tempo...


Tive a grata surpresa de falar com gente que tenho uma saudade enorme, gente que me faz lembrar uma época que sempre guardarei em minhas melhores lembranças....deu um aperto, uma vontade de voltar no tempo.

Aliás, tenho pensado bastante em um mundo com uma "máquina do tempo"......imaginem esta possibilidade...


Talvez eu mudasse alguma coisa, mas, definitivamente, não deixaria de fazer nenhuma das coisas que fiz.......

Acho que enxergaria as pessoas ao meu redor com mais cuidado, observaria cada expressão delas, curtiria cada uma das minhas paixonites sem medo, ressalva ou dúvida...porque saberia que eles duraram exatamente o tempo que deveriam durar, nem mais, nem menos...

Talvez eu perdoasse mais, fizesse mais viagens, desse mais abraços, mais sorrisos, certamente ficaria mais com minha família, estudaria mais e brigaria menos, ....


A única coisa que sei, no meio disso tudo, é que mesmo sem esta tal "máquina do tempo", certas pessoas, certos momentos, certos odores, músicas, lugares, palavras....têm o poder de nos levar àquele tempo......àquele tempo que, infelizmente, já não volta mais......

terça-feira, 18 de dezembro de 2007

!!!!!!!

Festa Brasileira na entrega dos melhores ...
Me deu um orgulho.....tirando aquele babaca do Pelé (claro, ele foi um ótimo jogador de futebol), mas já disse tanta besteira que até esquecemos daquele futebol arte feito há décadas...
O Kaka recebendo o troféu de melhor do ano foi emocionante, com aquela carinha, todo bem vestido e prestes a ser pai, não tem como, o mundo se rende a ele (meu único medo é que ele, quando largar o futebol, venha a se tornar pastor....dá até dor de barriga...).
A Marta e a Cristiane sendo premiadas (com o segundo e terceiro lugar, respectivamente) foi ainda mais emocionante.....o melhor foi ver a cara da alemã (ou seria alemão???) amargando o segundo lugar, nem sequer conseguia disfarçar a decepção.
Ai vem o futebol de praia e arrecada outro troféu.......me enchi de orgulho de ser brasileira.
Claro que esta euforia durou pouco, em se tratando de Brasil, sempre tem aquele porém....em meio a comemoração lançam o símbolo da candidatura do Rio de Janeiro para abrigar uma Olimpíada....deus do céu......e lá se vão mais uns milhões de todos nós......pronto, acabou a emoção e, como sempre, fiquei com a revolta, indignação e vergonha ...

E vai chegando o fim do ano ...

Esta época do ano sempre me dá um certo aperto, um frio na barriga, uma sensação de que tenho que prestar atenção em tudo para registrar os momentos e pessoas em minha memória.
Como se este natal e a virada de ano fossem as últimas...
É um sentimento que mistura tristeza, agradecimento, angústia, expectativa, esperança, alegria, saudades, medo...
É um misto do que aconteceu e do que pode vir a acontecer, a lembrança de quem está ali e de quem já foi, o terror de vir a perder ...
É uma mescla de agradecimento por estar viva, de estar ao lado de quem se ama, uma felicidade por renovar os votos e a ansiedade de querer saber o que vem por ai...
Tem também aquela bagunça e o cansaço por tanta correria e a sensação de dever comprido com a árvore de natal montada e cheia de caixas ao redor.
Eu sempre choro nessas ocasiões, um pouco por estar aliviada de conseguir ter chegado até ali, um pouco por sentir falta de alguém e um montão por medo de não poder abraçar aquelas pessoas tão fundamentais para minha vida...
Isso tudo me assusta um pouco ... só relaxo no dia 1 de janeiro, quando já fiz minhas promessas (aquelas que faço todo ano-novo), quando já entreguei minhas oferendas a Yemanjá e quando já pulei as ondinhas.......me mato de chorar na virada do ano e abraço até o poste......aí, dia 1, já encaro a rebordose e dia 2 pego no pesado.......sem chance de refletir sobre este período...
Não sei se é o clima, se é o bom velhinho, se são as pessoas reunidas, mas esta coisa toda no ar, na TV, em casa, nas lojas, na decoração das casas, me dá uma certa melancolia........uma coisa que não se explica, mas que se repete a todo ano, com cada vez mais intensidade...

quinta-feira, 13 de dezembro de 2007


"Todo Mundo..."


Mais uma distração e tanto!
A obra faz você rir e, até mesmo, se colocar no lugar da protagonista.
Se não bastasse o livro ser uma delícia de leitura, há elementos ali que fazem parte do meu mundo, não sei se felizmente, ou infelizmente, mas como tudo sempre tem um final feliz, ainda permaneço acreditando nos contos...

"Todo Mundo que Vale a Pena Conhecer" de Lauren Weosberger, a mesma que escreveu "O Diabo Veste Prada", prova elementar de que ela não perdeu o jeito!

terça-feira, 11 de dezembro de 2007

Chega logo...


Contagem regressiva para este final de semana, não vejo a hora de me entregar a vida na fazenda...e que fazenda...

quinta-feira, 6 de dezembro de 2007

Mega-Sena...


Já tinha palnejado o que faria com meus milhões, para ser mais exata, com meus R$ 40.628.613,64, que, supostamente, ganharia na Mega-Sena.

Foi a primeira vez que fui a uma lotérica e apostei, para minha surpresa, acertei 3 números.

Vou te dizer, meus planos de ganhar esta fortuna, estavam tão bons...já tinha arrumado a vida de tanta gente...

Já sabia onde aplicar, o que comprar e que cursos fazer...

Dai, vem um fulano, lá de Guarulhos, mesmo lugar onde foi feito o sorteio, e ganha, sozinho, esta bolada.........

Ai, ai, ai........deu uma tristeza...


Foda-se...cansei


E foi assim, em meio a sensações esquisitas, a uma estranheza, que eu saquei tudo.

Foi há tanto tempo, depois aconteceram coisas tão mais importantes, que nem me lembrava de nada.

Quando me dei conta, a primeira reação foi de tristeza, depois de impotência e, agora, ando meio raivosa...não sei bem se é a palavra exata, acho que cansei, estou mais para um estado "cagando e andando"...Daqueles que você liga um botão e, simplesmente, diz foda-se...chega...

Sempre quis um botão desses, até mencionei aqui no blog há alguns meses, parece que, finalmente, estou conseguindo produzir algo similar...

Não tem como ser querida, como ser isenta de erros e como exigir perdão...nem sei se é o caso de ser perdoada, porque acredito, de verdade, que já passou, e que o tempo já deixou transparecer o que realmente vale a pena...

Ainda sinto, eventualmente, uma dor no coração, mas ela vaivém rapidamente e dificilmente...

A terra continua girando, minha consciência segue tranquila e o foco, o foco está além.......o passado, enterrado.



quarta-feira, 5 de dezembro de 2007

Dar é dar

Não adianta, este texto nunca sai de moda e é MA-RA-VI-LHO-SO
(Luiz Fernando Veríssimo)

Dar é dar.
Fazer amor é lindo, é sublime, é encantador, é esplêndido.
Mas dar é bom pra cacete.
Dar é aquela coisa que alguém te puxa os cabelos da nuca...
Te chama de nomes que eu não escreveria...
Não te vira com delicadeza...
Não sente vergonha de ritmos animais. Dar é bom.
Melhor do que dar, só dar por dar.
Dar sem querer casar....
Sem querer apresentar pra mãe...
Sem querer dar o primeiro abraço no Ano Novo.
Dar porque o cara te esquenta a coluna vertebral...
Te amolece o gingado...
Te molha o instinto.
Dar porque a vida é estressante e dar relaxa.
Dar porque se você não der para ele hoje, vai dar amanhã, ou depois de amanhã.
Tem pessoas que você vai acabar dando, não tem jeito.
Dar sem esperar ouvir promessas, sem esperar ouvir carinhos, sem
esperar ouvir futuro.
Dar é bom, na hora.
Durante um mês.
Para os mais desavisados, talvez anos.

Mas dar é dar demais e ficar vazio.
Dar é não ganhar.
É não ganhar um eu te amo baixinho perdido no meio do escuro.
É não ganhar uma mão no ombro quando o caos da cidade parece querer te abduzir.
É não ter alguém pra querer casar, para apresentar pra mãe, pra dar
o primeiro abraço de Ano Novo e pra falar:
"Que que cê acha amor?".
É não ter companhia garantida para viajar.
É não ter para quem ligar quando recebe uma boa notícia.
Dar é não querer dormir encaixadinho...
É não ter alguém para ouvir seus dengos...
Mas dar é inevitável, dê mesmo, dê sempre, dê muito.

Mas dê mais ainda, muito mais do que qualquer coisa, uma chance ao amor.
Esse sim é o maior tesão.
Esse sim relaxa, cura o mau humor, ameniza todas as crises e faz você flutuar

Experimente ser amado...

segunda-feira, 3 de dezembro de 2007

Coisas de casal


Estava aflita imaginando amigos reunidos...em lugares que guardam uma lembrança eterna.

Fiquei imaginando os laços, os beijos e as conversas trocadas por pessoas queridas.

A priore, me sentia parte daquele lugar e sofri por não estar lá...

Com o passar do tempo percebi que aquilo tudo ainda faz parte de mim sim, mas de uma forma completamente diferente: Aquilo tudo é um pedaço saudoso, recheado de gente que eu adoro e com lembranças que guardarei sempre na minha memória, mas são coisas que já não se encaixam neste meu dia-a-dia.

Percebi isso quando olhei para o lado e agradeci por estar com aquele que escolhi dividir minha vida...Quando me perdi naquele olhar e me senti amanda e notei que não precisava de mais nada, de ninguém. Não sentia falta de nada e nem daquele tempo, porque naquele tempo não existia "nós"...
Coisas de casal...

Caiu...


Meu coração bateu acelerado durante toda a partida...

Acreditei até o último minuto que poderíamos virar, afinal nada é muito fácil com o Corinthians.

Infelizmente, a corrupção, pilantragem, roubo, venceram a resistência e meu time caiu...

Pagamos por erros feitos por uma diretoria sem escrúpulos.

A torcida merece aplausos, porque não merecia ver o "Timão" na segunda divisão...

O que me alivia é que sei que a equipe é muito forte, tem a segunda maior torcida do País, uma torcida FIEL, APAIXONADA E CRENTE, um nome forte e um grande apoio.

Aguardem 2009, enquanto isso, vou aproveitar para ir com meus sobrinhos ver o grande alvinegro renascer nas terças e sábados...porque como toda Corintiana, sou Timão até morrer!